Equipes #14 – Referências bibliográfica da Pesquisa

BARBOSA, Livia. Cultura e empresas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002. BRAS, Filomena Antunes. Necessidade e dificuldades em valorizar o capital humano . Tékhne, n.7, p.291-319, jun. 2007. BASTOS, Núbia Maria Garcia. Introdução à metodologia do trabalho acadêmico. Fortaleza: Nacional, 2008. CAMPOS, Lílian. Cultura: entenda o que essa palavra significa. Disponível em: http://educacao.uol.com.br/portugues/cultura.jhtm. Acesso em 28.03.2011. CARDOSO, Maria Lúcia Alves Pereira. Uma reflexão sobre a cultura organizacional à luz da Psicanálise. Rev. Brasileira de Enfermagem. [online], Brasília, v.61, n.1, p. 103-108, jan./fev. 2008. CHIAVENATO, Idalberto. Administração nos novos tempos. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. ______ . Introdução à … Continuar lendo Equipes #14 – Referências bibliográfica da Pesquisa

Avalie isto:

Equipes #7 – Abordagem Teórica da Cultura Organizacional

Numa perspectiva de pluralidade, observa-se na concepção do homem pelo homem, uma tendência de autoclassificar-se como indolente e irresponsável. Classificação esta que, no “Leviantã”, de Hobbes, vincula o homem à concepção da gestão clássica (que encontra seus principais representantes em Taylor, Fayol, Mayo e Weber), segundo a qual, o homem é um ser egoísta e individualista. Visão que se estabelece como verdade até os dias de hoje – com exceções, a bem da verdade. (FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS, 2011). Entretanto, Schein (2007, p. 35-36), como representante de uma vertente inovadora, afirma o homem como um ser plural dotado de contradições e … Continuar lendo Equipes #7 – Abordagem Teórica da Cultura Organizacional

Avalie isto: