Eugênio Mussak – Gestão Humanista De Pessoas (2010)

O autor parte da premissa de que as pessoas não são controláveis, mas são lideráveis. Essa diferença não é sutil, é radical, ainda que seja tão mal compreendida por todos aqueles que praticam gestão de pessoas. O projeto habilita-se a equacionar essa diferença com firmeza e didática. Peter Drucker disse que “o futuro da gestão se confundirá cada vez mais com a capacidade dos gestores de entenderem da alma humana”... (clique para ler o texto completo).

Teoria Geral da Administração: Estudo de Caso

Trabalhas numa empresa onde a abordagem administrativa lembra da época de Taylor, ou seja, mais ênfase na tarefa do que nas pessoas que as executam. Ao perceber que isto, às vezes, deixa os funcionários insatisfeitos e, consequentemente, cai a produção, o que faria para solucionar este caso? Responda de acordo com sua experiência profissional, enumerando … Continue lendo Teoria Geral da Administração: Estudo de Caso

Teoria Geral da Administração: Qual a importância da Administração para a vida pessoal, a profissional e para as organizações?

"A administração vai além do seu conceito próprio. Pois ela está inserida indiretamente em tudo que fazemos, está relacionada ao contexto em que estamos inseridos em todos os momentos da nossa vida" Foto por energepic.com em Pexels.com O que significa administrar? Poderíamos elaborar uma resposta muito ampla, pois essa pergunta é bastante genérica, porém merece … Continue lendo Teoria Geral da Administração: Qual a importância da Administração para a vida pessoal, a profissional e para as organizações?

Psicologia das Organizações – Liderança e Motivação

“No âmbito das organizações existe uma relação muito aproximada entre as lideranças e a motivação. Qual a relação entre essas duas condições e como elas impactam na produtividade das empresas?” Com base na minha experiência de 13 anos atuando no RH de uma grande empresa e já tendo realizado estudo sobre o referido tema, assumo … Continue lendo Psicologia das Organizações – Liderança e Motivação

Psicologia das Organizações – Processos Psicológicos Básicos

Funções mentais como sensação, percepção, atenção, memória, pensamento, linguagem, motivação, aprendizagem e etc, são caracterizadas na psicologia como “Processos Psicológicos Básicos”. Essas funções derivam tanto das interações de processos inatos quanto de processos adquiridos, junto a relações do individuo de experiência e vivência com o meio. Apesar das distinções desses processos é por meio de … Continue lendo Psicologia das Organizações – Processos Psicológicos Básicos

Henrique C. Nardi – Ética, Trabalho e Subjetividade

“A nova configuração do mundo do trabalho produz efeitos importantes nas trajetórias de vida...” Nota: 9,50. O livro está fora de catálogo, mas o conteúdo é e será sempre atual para quem deseja saber mais sobre os aspectos éticos do trabalho em relação aos avanços de cada época. Toda geração é marcada por um tipo … Continue lendo Henrique C. Nardi – Ética, Trabalho e Subjetividade

Feedback: você está acolhendo ou apenas dando sua opinião?

“O feedback é importante mesmo se tudo estiver correndo bem” É inegável: o colaborador que trabalha satisfeito, ciente das suas responsabilidades com a empresa e que sabe que seu trabalho é reconhecido e valorizado rende muito mais. A incerteza do colaborador sobre se sua forma de trabalho e os resultados que entrega estão dentro do … Continue lendo Feedback: você está acolhendo ou apenas dando sua opinião?

Economia #1 – A empresa como agente econômico

A partir deste e, pelos próximos dois posts, falaremos de três pilares da Economia. São princípios básicos que nos permitem adentrar no universo desta que é conhecida como a ciência da escassez: Empresas, Família e Governo. Hoje falaremos das empresas. “As empresas estão entre os sistemas de produção mais complexos da sociedade moderna” Com o … Continue lendo Economia #1 – A empresa como agente econômico

Ken Robinson – Libertando o Poder Criativo

“A Chave Para o Crescimento Pessoal e Das Organizações” Nota: 9,00. O que seria de Vincent van Gogh se houvesse freqüentado uma escola de artes? O que seria da arte se estivesse subordinada a padrões de comportamento e a valores de épocas? Bem, a resposta é ao mesmo tempo simples e objetiva: van Gogh muito … Continue lendo Ken Robinson – Libertando o Poder Criativo

Edgar H. Schein – Cultura Organizacional e Liderança

"Transformando o conceito em uma ferramenta prática da administração" Nota: 10,00. Para compreender o significado de Cultura somos obrigados e revisitar estudos de antropologia, os quais tratam intimamente dos comportamentos e costumes de todos os agrupamentos de pessoas que se reúnem por quaisquer tipos de motivos. Todavia, para simplificar, recorremos à literatura formal, que define … Continue lendo Edgar H. Schein – Cultura Organizacional e Liderança