Equipes #14 – Referências bibliográfica da Pesquisa

BARBOSA, Livia. Cultura e empresas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002. BRAS, Filomena Antunes. Necessidade e dificuldades em valorizar o capital humano . Tékhne, n.7, p.291-319, jun. 2007. BASTOS, Núbia Maria Garcia. Introdução à metodologia do trabalho acadêmico. Fortaleza: Nacional, 2008. CAMPOS, Lílian. Cultura: entenda o que essa palavra significa. Disponível em: http://educacao.uol.com.br/portugues/cultura.jhtm. Acesso em 28.03.2011. CARDOSO, Maria Lúcia Alves Pereira. Uma reflexão sobre a cultura organizacional à luz da Psicanálise. Rev. Brasileira de Enfermagem. [online], Brasília, v.61, n.1, p. 103-108, jan./fev. 2008. CHIAVENATO, Idalberto. Administração nos novos tempos. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. ______ . Introdução à … Continuar lendo Equipes #14 – Referências bibliográfica da Pesquisa

Avalie isto:

Equipes #13 – Considerações finais

Os pressupostos lançados para esta pesquisa foram estabelecidos em torno do conceito de cultura como irradiador de significados que ele deriva. Para efeito desta pesquisa, a cultura de um modo geral, é tomada como um todo que imana sentido para as partes. Inserindo-se a cultura no contexto das organizações tem-se o objeto de estudo deste trabalho, que é a cultura organizacional enquanto instância doadora de significado para as relações interpessoais no âmbito das organizações empresariais. Melhor esclarecendo: trata-se especificamente da análise dos efeitos da cultura instituída na organização para a formação de equipes naquele ambiente. Baseando-se nos componentes apresentados, é … Continuar lendo Equipes #13 – Considerações finais

Avalie isto:

Equipes #12 – A análise dos dados na pesquisa

Os resultados da pesquisa realizada por meio do questionário eletrônico representam um recorte do momento atual da organização. Ocasião na qual se observa uma série de intervenções institucionais de nível diretivo organizacional com vistas ao desenvolvimento de uma cultura organizacional aberta e contemporânea, e ao fortalecimento da imagem do RH junto ao corpo funcional. Nesse contexto, como reflexo destas intervenções, percebe-se uma convergência entre a estratégia declarada pela empresa como componente de sua missão e as perspectivas dos colaboradores quanto às mudanças já concretizadas e as projetadas para o futuro. Dessa forma, isto que aqui se diz com palavras pode … Continuar lendo Equipes #12 – A análise dos dados na pesquisa

Avalie isto:

Equipes #11 – O método de pesquisa

Partindo do universo que se pretende vislumbrar e o teor das questões para as quais a pesquisa se dirige, adotar-se-á como tipo de pesquisa o estudo de campo com utilização de questionário eletrônico. O estudo em questão se utilizara de uma pesquisa de cunho qualitativo. Esta, não descartará, entretanto, técnicas de pesquisa quantitativa para a tradução e quantificação dos componentes essenciais à análise e apresentação de resultados, que são elementos expressos por meio de tabelas e gráficos. Como a pesquisa se orienta para demonstração de resultados, será descritiva, na medida em que descreve fenômenos e fatos almejando demonstrar de forma … Continuar lendo Equipes #11 – O método de pesquisa

Avalie isto:

Equipes #10 – O universo da pesquisa

O universo da pesquisa adquiriu contornos com base na lotação física dos profissionais que exercem suas atividades laborais na Casa da Indústria (Sistema Federação das Indústrias do Estado do Ceará), que no ato da pesquisa, contemplava 397 pessoas. Como forma de viabilizar a pesquisa em termos qualitativos e funcionais, um dos critérios adotados, foi o envio de um questionário eletrônico para os e-mails dos respondentes. Contudo, desse total, apenas 332 (83,63%) possuíam e-mail; os demais, ocupantes de cargos operacionais como limpeza e manutenção, teriam dificuldades para acessar o formulário eletrônico por meio da “internet”. Assim, a pesquisa ficou restrita às … Continuar lendo Equipes #10 – O universo da pesquisa

Avalie isto:

Equipes #9 – Problematização e Pesquisa

Enquanto proposta de análise da cultura organizacional empresarial, este estudo orienta-se para além de sua ideação. Tomando por base o crescente interesse, tanto por parte das pessoas como das organizações, por temas cuja abordagem exponha aspectos do comportamento humano no contexto profissional, pretende-se, aqui, oferecer um panorama da realidade organizacional com vistas a acrescentar conhecimentos passíveis de utilização prática no contexto corporativo, para, assim, instigar uma espécie de revisão de conceitos quanto aos paradigmas da gestão de pessoas. Continuar lendo Equipes #9 – Problematização e Pesquisa

Avalie isto:

Equipes #8 – A Importância da Cultura Organizacional

Julga-se que o ambiente instituído pelo modus operandi da organização reflita nas pessoas a ela vinculadas, o ideal manifesto em sua missão. Paralelamente, as premissas acima descritas informam sobre o conjunto de práticas que, devidamente incorporadas, firmam-se as bases segundo as quais se estabelecerão as condições para a formação e o desenvolvimento de equipes alinhadas à cultura organizacional. A literatura contemporânea chama de ativos intangíveis os bens abstratos que compõem uma empresa quanto aos aspectos técnicos e institucionais que, em sua totalidade, são produzidos pelas pessoas. Corroborando a informação, Hagel (2009, p. 9) afirma que “ativos intangíveis incluem habilidades institucionais, … Continuar lendo Equipes #8 – A Importância da Cultura Organizacional

Avalie isto:

Equipes #1 – Resumo do Estudo

O surgimento de equipes de trabalho no âmbito das empresas é um assunto bastante relevante para o contexto das organizações do século XXI. Compreender como um grupo de trabalho ganha consistência ao ponto de tornar-se equipe é um fenômeno merecedor de especial atenção. Nesse sentido, da necessidade de se compreender tal fenômeno e da importância que isto tem para a identificação de oportunidades de refinamentos quanto à dinâmica funcional das organizações com vistas ao aprimoramento do papel dos profissionais de RH, decorre a finalidade deste estudo. Pensar sobre a coerência entre a filosofia e a cultura das organizações; relacioná-las com … Continuar lendo Equipes #1 – Resumo do Estudo

Avalie isto:

Equipes ## – Estudo – Apresentação

As características mais marcantes da contemporaneidade para todos os profissionais são, possivelmente, 1) a revolução tecnológica que ora vivenciamos e 2) a velocidade da informação. Juntos, esses 2 aspectos deslocam o eixo sobre o qual temos sustentado nossas relações profissionais individual e coletivamente.  Portanto, o momento exige uma postura de atenção e de disposição para assumir responsabilidades na gestão das mudanças. Para tanto, buscar aprender continuamente é a forma mais saudável de lidar com as disrupções. Nesse contexto, colaborar com entendimentos e compartilhar aprendizados é a melhor forma de desenvolver inteligência e de criar condições para agir eficazmente sobre as … Continuar lendo Equipes ## – Estudo – Apresentação

Avalie isto: